O prefeito de Codó, Francisco Nagib, estive reunido mais uma vez com os agentes de endemias do município. No encontro, que aconteceu no Salão Nobre da Prefeitura, o prefeito exaltou números e metas alcançadas pela equipe de agentes de endemias, que garantiram os menores índices e infestação e infecções transmitidas por vetores em todo país, como a Malária, Dengue, Zica vírus, Leishmaniose e outras endemias. Na oportunidade o prefeito aproveitou para discutir com a classe a viabilidade do adicional de insalubridade.

Quem cuida da nossa população merece ser muito bem cuidado, por isso estamos, desde o início de nosso mandato, investindo nos nossos agentes de endemias. Profissionais que estão desempenhando um trabalho exemplar e que é referência em nosso estado e nosso país, 1% apenas. Esse trabalho é fruto da grande parceria que existe entre a classe e a prefeitura. A valorização desses profissionais está sendo uma de nossas frentes de trabalho”, colocou o prefeito.

Nosso advogado é o prefeito de Codó

Durante os seus dois primeiros anos de mandato, o prefeito Nagib vem realizando um trabalho de investimento e valorização continua para a classe dos agentes de endemias, como o abono, chamado de chamado 14º salário e a renovação de uniformes e equipamentos. “Fico feliz por eles terem brincado comigo em relação a nossa luta e empenho pelos direitos deles, quando foi questionado ao presidente da classe: quem é o advogado de vocês? E ai ele respondeu: nosso advogado é o prefeito da cidade”, comentou o gestor.

Quero agradecer e destacar todo o empenho do prefeito Nagib em investir, melhorar as condições de trabalho e lutar por todos os direitos dos agentes de endemias, uma classe de trabalhadores que desempenham papel fundamental para nossa saúde pública e o bem estar da população. Temos a certeza que o prefeito irá conseguir viabilizar mais essa solicitação”, destacou o vereador Ivan do Naby

Agora, a meta do prefeito Nagib é conseguir a insalubridade para a classe. “Ainda vivemos uma crise institucional e econômica no Brasil. Mesmo assim, em Codó nós fazemos diferente, pois enxergamos a prevenção como investimento. Nossos postos de saúde e hospital estariam cheios de pessoas doentes e sofrendo se não fosse o trabalho preventivo e competente deles.  Agora a nossa meta é buscar a insalubridade para classe

Ascom -PMC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.