foto Nilton Messias

A Prefeitura de Codó, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS II), deu início a 2ª Semana de Saúde Mental, que vai de 15 a 18 de maio. Com o tema Sociedade Sem Manicômio, a Semana da Saúde Mental terá cinco dias de atividades envolvendo a clientela do Caps, seus familiares e a comunidade em geral. A abertura das atividades foi realizada na Unidade Básica de Saúde Miguel Zaidan e contou com a presença do Prefeito Nagib, a secretária da Saúde Aurilívia Barros e equipe de profissionais do CAPS II.

A programação visa à conscientização sobre a importância do tratamento em liberdade. Durante a semana serão realizadas palestras, exibição de filmes, caminhada e exposição de quadros e artesanatos confeccionados pelos usuários do CAPS II. De acordo com a secretária Aurilívia barros, a semana tem por objetivo fortalecer a luta antimanicomial e promover a inclusão. “As atividades propõem um atendimento de forma humanizada, que valorize a vontade de viver dessas pessoas que, embora sofram de algum transtorno, não deixam de ter desejos, sua identidade e o direito a tratamento digno”.

Para o prefeito Nagib a inclusão desse público é mais do que necessária. “O Modelo de manicômio há muito está ultrapassado. Portanto, a proposta principal da Semana da Saúde Mental é discutir práticas de cuidados destinados as pessoas com sofrimento psíquico, na perspectiva de um tratamento humanizado, buscando a ressocialização e a potencialização das capacidades dos usuários do CAPS II. É um reforço àquilo que já é realizado dentro dos Centros de Atenção Psicossocial, tempo em que usuários, familiares e profissionais de saúde se integram participando de atividades recreativas, apresentações artísticas e oficinas educativas”.

Ascom – PMC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *